,

Novidades

26/04/2017 14:15 ASSESSORIA DE IMPRENSA

São Pedro da Cipa vai lançar programa educacional pioneiro em Mato Grosso

O programa municipal de esporte, cultura, música, civismo, disciplina e educação empreendedora, que vai transformar a vida de crianças e adolescentes em idades escolar, está previsto para ser lançado na segunda quinzena de maio, em São Pedro da Cipa. Uma reunião de apresentação foi realizada nesta terça-feira (25.04).
Com a pauta neste projeto, elaborado pela prefeitura, o encontro teve a participação do Ministério Público, Fórum Cívil da Comarca de Jaciara, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, agentes públicos do município, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), além de representantes das secretarias de Estado de Trabalho e Assistência Social e de Educação, (Setas e Seduc). Todos ratificaram suas parcerias.
“Vamos fazer funcionar e assim transformar a realidade de nosso município”, assegurou o prefeito Alexandre Russi.
Ele adiantou que, conforme o plano de ação, serão aplicadas de 12 a 14 atividades, que também envolvem: Teatro, fanfarra, futebol, natação, vôlei, xadrez, jiu jitsu, capoeira, atletismo, pintura em tecido, artesanato em madeira, violão, dentre outras. “O nosso reflexo será colher cidadãos de bem”, analisou.
O diretor do Fórum da Comarca de Jaciara, Valter Fabrício Simioni Silva, avaliou a iniciativa como louvável e pioneira. Com experiência e atuação na linha de combate a exploração sexual de crianças e adolescentes, ele afirma que esse tipo de ação é do mais alto grau de eficácia.
“Essa ideia do prefeito, ela é brilhante. De imediato, quando me foi apresentada a ideia, já coloquei a disposição o Poder Judiciário do Vale do São Lourenço. Prefeito, no que puder, vamos estar juntos”, garantiu.
A promotora de justiça, Cássia Vicente de Miranda Hondo, tem parte dos seus trabalhos dedicados ao programa do Estado, Rede Cidadã, que combate a vulnerabilidade social do publico infanto-juvenil.
Ela acredita que a fusão dos projetos, a participação e confirmação da Seduc, em parte do aporte financeiro, serão complementos fundamentais. “Se o Estado vai poder ajudar em parte, maravilhoso. Um projeto não atrapalha o outro. Eles se complementam. Essa iniciativa de criação desse projeto do município é excelente”, elogiou.
Alexandre reforça que a meta principal não é apenas atender as crianças, vítimas dos problemas sociais resultantes principalmente da ociosidade ou falta de estrutura familiar, mas criar uma espécie de “barreira”, para que outras não acabem indo pelo mesmo caminho. “Vamos estabelecer essas alternativas, para que nossas crianças estudem em um período e façam essas outras atividades em outro. Vamos assisti-las e educa-las da melhor forma, para transforma-las”, finalizou.


RECEBA INFORMATIVOS

Receba as novidades do nosso site, preenchendo esses campos ao lado.

O Site

Informações sobre os principais atrativos turísticos, comércio local, instituições públicas, vagas de empregos e muito mais! 
Resultado de imagem para cadastur 13.028984.10.0001-5

 

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo